Fim do emissor gratuito de MDF-e

Fim do emissor gratuito de MDF-e

O emissor gratuito de MDF-e da SEFAZ chega ao fim a partir de hoje, dia 1º de outubro, não estando mais disponível para download e atualizações.

 

A SEFAZ aprovou essa nova regra devido à baixa porcentagem de empresas que usavam os serviços gratuitos, uma vez que cerca de 93% das emissões são feitas por softwares pagos que já englobam as NF-e, CT-e e MDF-e. Então, se sua empresa faz parte dessa pequena parcela que utiliza o sistema gratuito, esse é o momento para você migrar para um sistema pago.

 

O que é o MDF-e?

MDF-e é uma sigla para Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais. É um documento que a SEFAZ exige para registrar operações de transporte, sejam eles vinculados ao CT-e para transporte de carga para terceiros ou para empresas que realizam o transporte de seus produtos.

 

O documento funciona como um resumo da operação de transporte, em que são informados dados como documentos anexos (CT-e ou NF-e), local de origem e destino, dados do veículo e dados do motorista. Vale lembrar que não há incidência de impostos no MDF-e.

 

O MDF-e existe para auxiliar o controle e diminuir a burocracia que as empresas precisam enfrentar. A solução mais apropriada é a utilização de sistemas próprios para emissão e controle do MDF-e.

 

Qual é a melhor solução para seu negócio?

O sistema gratuito de MDF-e era bem limitado e isso gerava alguns problemas para as empresas, por ser um sistema que emitia um único documento, não era possível arquivar os XMLs e não contava com suporte técnico para dúvidas ou solução de problemas.

 

Agora que é necessário migrar para um emissor pago, você tem a vantagem de escolher um sistema completo que oferece o suporte necessário. Entre em contato conosco via whatsapp clicando aqui ou no chat ao lado para saber mais sobre nosso emissor!

 

 

Foto Capa: Business image created by Freepik