Vencendo na crise!

Vencendo na crise!

Crises sempre vão acontecer. Nós é que precisamos sempre repensar nossos conceitos administrativos, financeiros, de planejamento, de inovação, etc. Tempos de crise são tempos de se reinventar. Muitos perdem tudo e outros sobrevivem, mas tem aqueles que não olham para as tempestades e avançam.

Sempre estão cientes de que qualquer crise tem começo, meio e fim. Se fizermos uma analogia da crise com um casamento, podemos aprender muitas coisas.

Imagine um casal de jovens totalmente despreparados financeiramente, sem trabalhos fixos e também sem nenhum projeção para se formar em alguma área, mas estão loucamente apaixonados e já estão tendo relações íntimas e não há nada mais romântico do que se casar.
Qualquer um que olhar de fora vai perceber que muitas crises virão. A mulher que precisa da segurança de um homem que não tem uma renda pra sustentar, o homem que quer chegar em casa e ter um colo pra deitar e ser acariciado. Nada disso! Tudo isso é só paixão e empolgação! Pode ter certeza que o romance vai acabar rapidinho. Tudo isso porque o casal ingressou numa relação sem nenhuma estrutura.


No mundo empresarial acontece da mesma forma. O Brasil é um país reconhecido e se destaca pelo empreendedorismo, mas saiba que a quantidade de “empreendedores” que se lançam na paixão de ter uma empresa, um negócio, com pouco planejamento ou nenhum, sem nenhuma formação ou até um simples curso de gestão empresarial, sem recursos financeiros para suportar todo o período de investimentos e de todas as intempéries que surgem durante o nascimento e crescimento de uma nova empresa mesmo quando bem planejados.

Os fatores externos sem dúvida alguma afetam muito a economia, porém, o pior mesmo são os fatores internos. Os fatores internos são a maior causa das falências das pequenas empresas no Brasil. Segundo o SEBRAE 80% das empresas só duram de 2 a
5 anos. É um número astronômico quando comparados aos de outros países.


A gestão do negócio é uma coisa, mas aí tem a gestão das pessoas também. Como é que você contrata? Contrata por intuição? É tempo de repensar tudo isso. Existem empresas preparadas para filtrar e encontrar as pessoas mais indicadas para as funções da sua empresa. E como você divulga hoje o seu negócio?


Ainda pensa no banner da rua, no programa de rádio ou em meios tradicionais? Saiba que hoje o mundo está totalmente nas mãos das pessoas, em um simples telefone celular.
Saber alcançar o público-alvo sem contratar um serviço de marketing digital é uma tarefa muito árdua na atualidade.
E ainda tem a questão fiscal e tributária. Você sabia que 98% das pequenas empresas pagam mais impostos do que deveriam?
Você sabia que você pode recuperar de forma muito fácil tudo o que você pagou a mais?


A Gsoft hoje é um grupo de empresas que atendem em todas essas áreas. É o GRUPO G.
É um grupo de empresas composta da GSOFT, empresa de sistemas, GMÍDIA, empresa de marketing digital, PARAMETRIZA, empresa de gestão tributária e da GRH, uma empresa
de recrutamento e seleção de pessoas.


Nesse momento de profunda crise, saiba que nós estamos muito próximos de todos vocês e podemos contribuir muito na orientação ideal para reverter tudo isso e transformar os resultados negativos em resultados extremamente positivos.
Como eu disse lá no início, é tempo de se reinventar. Tempo de crise, de deserto, é tempo de sair do quadrado, de pensar fora da caixinha e de fazer coisas diferentes para alcançar resultados diferentes e melhores.


Entre em contato conosco se tiver alguma dúvida ou precisar de orientação, desde a melhor forma de operação do sistema pra gerar resultados para uma boa tomada de decisão, como ingressá-los nessas novas oportunidades através da GMÍDIA, PARAMETRIZA e GRH para expandir e melhorar a qualidade do seu negócio.

Com muito carinho!
Gildicley Alves
CEO